Cartazes têm papel importante no Círio de Nazaré

Cartaz do Círio de Nazaré de 2013

Cartaz do Círio de Nazaré de 2013

 

Um dos maiores eventos de turismo religioso no Brasil e maior festa religiosa de toda a região Norte do país, o Círio de Nazaré tem organização altamente complexa, que ano a ano exige esforços adicionais dos seus organizadoes.

Um elemento de grande importância na maior festa dos paraenses são os cartazes para a festa, considerados como um dos ícones do Círio. Uma das razões para isso é a tradição dos fiéis de homenagearem Nossa Senhora de Nazaré, padroeira do Pará e da Amazônia, exibindo o cartaz na porta de suas casas.

Cartaz do Círio de Nazaré de 1909

Cartaz do Círio de Nazaré de 1909

Importante tradição

Essa é uma tradição que tem 130 anos,  já que o primeiro cartaz conhecido do Círio conhecido foi produzido em 1882. Segundo a Diretoria da Festa de Nazaré, cerca de 900 mil cartazes devem ser confeccionados para o Círio 2013.  No período entre 2000 e 2013, o número de cartazes confeccionados aumentou 154,28%, passando de 350 mil unidades em 2000, para 890 mil neste ano.

A importância é revelada não só pela quantidade de cartazes impressos. A apresentação do cartaz de cada ano merece uma cerimônia específica,  na Praça Santuário, depois de uma missa na Basílica-Santuário de Nazaré, presidida pelo arcebispo metropolitano de Belém Dom Alberto Taveira.  Após a apresentação, os cartazes começam a ser distribuídos para os fiéis.

Dom Alberto explicou que os elementos do cartaz deste ano ressaltam a vida da igreja junto à comunidade: “temos a igreja ao fundo, como o lugar de devoção dos fiéis unidos à Maria, mãe de Jesus. As rosas são germinadas no manto de Nossa Senhora de Nazaré. Podemos ver também a cátedra do bispo, de onde ele ensina e prega aos fiéis, como o pastor que cuida de seu rebanho”.

 

LEIA TAMBÉM:  Um toque pessoal

Confira o que já publicamos sobre o Círio:

 

 

 

Não deixe de ler também:

Comente esta matéria

O seu endereço de e-mail não será publicado!