Segurança do Vaticano adere aos veículos elétricos

Praça de São Pedro, no Vaticano, um dos principais destinos de turismo religioso do mundo

 

Desde a última Sexta-Feira Santa, 04 de abril, dois Citroën C-ZERO envelopados com as cores tradicionais da polícia italiana foram colocados à disposição da Inspetoria de Segurança Pública do Vaticano, em Roma.

Esta foi a primeira vez que a polícia local utilizou um veículo Citroën e o fez ao adotar um veículo 100% elétrico.

Os veículos serão agora utilizados pela inspetoria para a segurança do Papa e dos palácios da Cidade do Vaticano, proteção de responsabilidade das autoridades italianas.

Os dois C-ZERO já estão em operação regular e se deslocam sem nenhum ruído e sem emissões poluentes pela Praça de São Pedro, por onde circulam dezenas de milhares de fiéis diariamente, principalmente por ocasião das recentes celebrações da Semana Santa.

Carro elétrico Citroen C-Zero que começa a ser usado na segurança do Vaticano,  importante destino de turismo religiosoEsta iniciativa se soma às atividades já realizadas pelo Projeto “Roma, Capital da Mobilidade Durável”, que vem aglutinando diversas entidades italianas entre as quais as autoridades do Vaticano, que estão fortemente sensibilizadas para a solução dos problemas ligados à poluição ambiental e à mobilização sustentável.

Com o C-ZERO, a Citroën oferece uma solução 100% elétrica no segmento dos “city-cars”: zero litro de combustível, zero emissão de poluentes e zero ruídos.

O Citroën C-ZERO foi concebido para facilitar a mobilidade urbana e suburbana: dimensões reduzidas, prestações excepcionais e uma autonomia suficiente para cobrir todos os trajetos numa cidade como a capital da Santa Sé.

Equipado com tecnologia de ponta e alimentado por uma bateria de Litium-Ion, o Citroën C-ZERO se beneficia da ampla experiência adquirida pela marca que já vendeu mais de 5.500 veículos elétricos no continente europeu.

Não deixe de ler também:

Comente esta matéria

O seu endereço de e-mail não será publicado!