No ano da JMJ, Ministério oferece só R$750 mil para o turismo religioso

A Catedral da Sé, em imagem do projeto Clica SP

A Catedral da Sé, em São Paulo, em imagem do projeto Clica SP

Mostrando a importância que dá para o turismo religioso, em pleno ano da Jornada Mundial da Juventude, o Ministério do Turismo abrirá seleção de projetos de estados e municípios voltados para o segmento de turismo religioso no Brasil

O Ministério se dispõe a investir um total de R$ 750 mil em projetos voltados para o fortalecimento do segmento de turismo religioso no país, apresentados por estados e municípios.

A abertura do processo seletivo no Sistema de Convênios (Siconv) será no próximo dia 4 de abril e vai contemplar projetos das cinco macrorregiões brasileiras.

vista aérea do Cirio de Nazaré, Belém, Pará

Vista aérea do Cirio de Nazaré, em Belém

O anúncio foi feito hoje, 21 de Março, pelo coordenador geral de Segmentação do MTur, Wilken Souto, durante reunião do Grupo de Trabalho de Turismo Religioso, realizada em Brasília.

“Vamos apoiar cinco projetos que tenham representatividade no segmento. É um primeiro passo no trabalho conjunto entre ministério e os destinos para a estruturação do turismo religioso nas diversas regiões”, disse.

Os critérios de seleção foram apresentados aos integrantes do Grupo de Trabalho, que terão até o próximo dia 28 de março para apresentar sugestões.

Entre os projetos que poderão ser contemplados com recursos da pasta estão os de apoio à formação ou fortalecimento de comitês gestores de turismo religioso; formação ou aperfeiçoamento de roteiros ou destinos; elaboração de plano de posicionamento do destino no mercado e de ações de sensibilização para o bom atendimento a pessoas com deficiência.

círio de nazaré belem pará noturna

Na belissima imagem noturna, o círio com Nossa Senhora de Nazaré e a Catedral

A seleção de projetos é exclusiva para entes públicos (prefeituras, secretarias de turismo estaduais e municipais, por exemplo). O valor mínimo a ser liberado por convênio é de R$ 100 mil e o máximo de R$ 150 mil. O processo seletivo ficará aberto por 45 dias para a apresentação das propostas. O resultado final deverá ser divulgado no dia 6 de junho.

LEIA TAMBÉM:  Obra de Maria oferece roteiros para eventos da Canção Nova

Considerando que só a Jornada Mundial da Juventude deverá atrair ao Rio de Janeiro mais de dois milhões e meio de peregrinos, a verba do Ministério é irrisória. Comparada com liberações que o MTur fez para algumas cidades os R$750 mil são definitivamente muito pouco.

Só a título de referência, esse mesmo Ministério liberou R$ 243.750 para a cidade de Muriaé implantar sinalização turística. Campo Grande (MS), recebeu R$ 487.500 para o mesmo fim. Já para a sinalização turística da cidade de São Paulo, a verba liberada foi de R$ 600.000.

 

 

Não deixe de ler também:

Comente esta matéria

O seu endereço de e-mail não será publicado!