Festa do Bonfim é ponto alto do turismo religioso na Bahia

 

Festa do Bonfim em frente à tradicional Igreja do Bonfim maior atração de turismo religioso da Bahia

A Basílica Santuário Senhor Bom Jesus do Bonfim é a maior atração de turismo religioso da Bahia

 

A tradicional Festa de Nosso Senhor do Bonfim, segundo maior evento de turismo na Bahia, volta a movimentar o turismo religioso em Salvador. Segundo a Secretaria de Turismo do estado, só o carnaval atrai mais participantes do que a Festa do Bonfim.

Com 260 anos de tradição, a festa tem início com a Lavagem do Bonfim, que começa na Basílica Nossa Senhora da Conceição da Praia e termina oito quilometros depois na Basílica Santuário Senhor Bom Jesus do Bonfim, mais conhecida como Igreja do Bonfim, onde o adro e das escadarias são lavados com água de cheiro.

Esse é considerado o lado mais profano da festa dedicada ao Senhor do Bonfim, que conta com uma extensa programação religiosa que começa na quinta-feira e se estende até o domingo, quando inclui alvorada, repique dos sinos, missas, procissão dos três pedidos e a bênção do Santíssimo Sacramento.

Tradição do turismo religioso na Bahia, as fitas de Nosso Senhor do Bonfim costumam ser amarradas nas grades frontais da Igreja do Bonfim e usadas no pulso pelos devotos

Fitas de Nosso Senhor do Bonfim, tradicionalmente amarradas nas grades frontais da Igreja do Bonfim

 

Este ano foi introduzida uma novidade, a Lavagem de Corpo e Alma, que procura ressaltar a tradição católica da Lavagem do Bonfim, que é sempre realizada na quinta-feira que antecede o segundo domingo após o Dia de Reis, comemorado em 6 de janeiro.

Para os baianos, a Lavagem do Bonfim,  é oportunidade para pagar promessas e fazer agradecimentos e pedidos. Embora a igreja fique fechada à visitação, a imagem do Nosso Senhor do Bonfim fica exposta na porta para veneração.

 

Igreja do Bonfim

Conhecida pelo povo baiano como Igreja do Bonfim, a Basílica Santuário Senhor Bom Jesus do Bonfim é a atração de turismo religioso mais visitada de Salvador e da Bahia e as coloridas fitas de Nosso Senhor do Bonfim acabaram se tornando a mais popular e conhecida lembrança dos visitantes do estado.

Interior da Basílica Santuário Senhor Bom Jesus do Bonfim principal atração de turismo religioso da Bahia

Detalhe do interior da Basílica Santuário Senhor Bom Jesus do Bonfim

 

LEIA TAMBÉM:  Círio de Nazaré, a grande festa da fé no Pará

Localizada no bairro do Bonfim, no topo da elevação apelidada de Colina Sagrada pelos baianos, a igreja do Senhor Bom Jesus do Bonfim foi construída especialmente para abrigar a imagem do Senhor Bom Jesus do Bonfim, trazida de Lisboa em 1745.  As obras duraram apenas apenas oito anos e foram concluidas em 1754.

Construida em estilo neo-clássico, com fachada em rococó, ela acompanha o padrão das igrejas portuguesas dos séculos 18 e 19, caracterizadas internamente pelos belos afrescos e painéis de azulejos.

Em reconhecimento à sua importância para o povo baiano, foi elevada a Basílica em 1927 pelo Papa Pio XI.

 

 

 

Não deixe de ler também:

Comente esta matéria

O seu endereço de e-mail não será publicado!