Viagens de Fé passa a oferecer reserva de hotéis e pousadas e de aluguel de carros

Para melhor atender às necessidades de seus leitores, a Viagens de Fé passa a oferecer serviços de reserva de hotéis e pousadas, além da locação de veículos, muito utilizados por quem viaja para destinos de turismo religioso.

Os novos serviços são oferecidos em parceria com empresas líderes nesses segmentos, a Booking.com e a Rentcars.com.br, que permitem consultar e reservar meios de hospedagem e veículos a preços e condições extremamente competitivos.

Ambos os serviços oferecem grande economia em relação a reservas diretas, além de oferecerem grande segurança em relação aos dados do cliente e a possibilidade de cancelamento sem multas.

Antes de introduzir os novos serviços na Viagens de Fé, fizemos questão de experimentá-los para verificar se eram realmente práticos, seguros, confiáveis e ofereciam vantagens efetivas para os usuários.

Reservas de hotéis e pousadas com desconto

O Booking.com permite reservar hotéis, pousadas e apart-hotéis em destinos de turismo religioso e outras cidades de todo o mundo, com grande variedade de oferta.

O serviço abrange cerca de 20 mil meios de hospedagem no Brasil e mais de 800 mil no mundo todo.

Nos destinos de turismo religioso brasileiros, o Booking.com oferece 42 meios de hospedagem em Aparecida, onde fica o Santuário Nacional; 23 em Cachoeira Paulista, onde fica a Canção Nova e 72 em Trindade, onde fica o Santuário do Divino Pai Eterno, por exemplo.

Em Belém, onde é celebrado anualmente o Círio de Nazaré, são oferecidos 43 hotéis e pousadas; 15 em  Juazeiro do Norte, destino das romarias de devotos do Padre Cícero e 2 em Nova Trento, onde fica o Santuário de Madre Paulina.

Além de destinos de turismo religioso, também é possível fazer reservas de hotéis e pousadas em outras cidades do Brasil e do mundo.

LEIA TAMBÉM:  Veja os horários de ônibus de São Paulo para a Canção Nova

Os resultados de busca podem ser filtrados por valor de diária, avaliação de hóspedes, distância do centro da cidade e comodidades como wi-fi, ter restaurante, acesso para cadeiras de rodas e quartos para não fumantes, entre outros critérios.

Em função do grande volume de reservas que faz, o Booking.com consegue negociar com os hotéis e pousadas para oferecer descontos de até 50% de desconto sobre os valores de diárias normais.

Aluguel de veículos

O outro serviço introduzido pela Viagens de Fé é o Rentcars.com.br, que permite fazer a reserva de veículos não só para viagens turísticas, mas para substituir um carro que está sendo consertado ou ainda para viajar com mais conforto com a família.

Com ele, é possível buscar e comparar as tarifas oferecidas por mais de 140 locadoras de veículos com excelentes tarifas, que já incluem itens normalmente cobrados à parte pelas locadoras, como quilometragem livre, taxas e seguro básico do veículo.

No aeroporto de Guarulhos (GRU), em São Paulo, o Rentcars.com.br oferece cotações comparando as tarifas de nada menos que quinze locadoras diferentes.

Outras vantagens são a garantia de oferecer sempre o melhor preço e a inexistência de taxas de alteração e de cancelamento.

Ao fazer a sua busca, o leitor pode especificar os equipamentos que deseja no carro, como ar condicionado, direção hidráulica, trio elétrico e câmbio automático, além do número de portas do veículo. Para os mais exigentes, também é possível escolher a categoria e as locadoras desejadas.

Os resultados cotados podem ser filtrados por menor ou maior preço ou por locadoras recomendadas.

Esse serviço irá permitir ir do aeroporto de Guarulhos para Aparecida ou a Canção Nova de maneira rápida e prática, gastando quase que o mesmo que seria necessário para ir de ônibus.

LEIA TAMBÉM:  Operadora lança pacote para acompanhar em Roma a escolha do novo Papa

A economia aumenta ainda mais para quem viaja com a família ou com amigos, pois é possível transportar mais pessoas pagando a mesma tarifa, enquanto que viajando de ônibus seria preciso pagar passagens para todos.

Além disso, para quem viaja em grupos maiores, diversas locadoras oferecem veículos como a Fiat Dobló, que acomoda até 7 pessoas.

 

 

 

 

3 comentários para "Viagens de Fé passa a oferecer reserva de hotéis e pousadas e de aluguel de carros"

  1. Carlos Triunfo  21/12/2015 at 22:15

    Prezado Sr Redator, Bom Dia

    Como organizador de caravanas e agente de viagens fico profundamente frustrado por ver uma revista eletrônica aderir e sobretudo não resistir as propostas feitas por grandes agencias de E-commerce e assim provocando mais ainda uma concorrência desleal e nociva a quem de fato e comprovadamente tem experiencia em trabalhar com este segmento religioso. Não basta somente o interesse econômico em buscar estas agencias para obtenção de parcerias e consequentemente ganhos materiais e sim comprometimento religioso e sobretudo evangelizador. Mas compreendo o senhor redator por colocar estas empresas que não tem nenhuma tradição no mercado religioso, é somente atentarmos para o link da Rentcars.com no tópico acima ao lado do nome da revista.

    Perdeu Sr Redator a credibilidade e respeito. Tinha que ser imparcial. Poderia aceitar anuncio e não parcerias nocivas.

    Atenciosamente,

    Carlos Triunfo

    Responder
    • Amadeu Castanho  22/12/2015 at 03:51

      Olá, Carlos.

      Muito obrigado pela sua mensagem e por ser leitor da Viagens de Fé.

      Aparentemente você não conhece ou não se deu ao trabalho de examinar os serviços que passamos a oferecer, preferindo usar o seu tempo para fazer críticas e ofensas pessoais.

      Não estamos oferecendo serviços das “grandes agências de e-commerce” e sim, serviços de reservas de hotéis e pousadas e locação de veículos, respectivamente da Booking.com e da Rentcars.com.br. Nenhum deles vende pacotes para destinos religiosos ou muito menos organiza caravanas.

      Um agente de viagens, como você afirma que é, deveria saber disso. Inclusive, ambos são fornecedores de serviços para agências de turismo e participam de grandes feiras do setor, como a da ABAV.

      Esses serviços atendem quem viaja por conta própria e não quem prefere viajar fazendo parte de uma caravana.

      Portanto, não vejo como é possível fazer uma “concorrência desleal e nociva” a quem quer que seja.

      Se dedicasse um mínimo de atenção à leitura do que já publicamos na Viagens de Fé, inclusive os comentários de nossos leitores, iria ver que existe um grande número de pessoas interessadas em viajar quando podem e não no dia em que é oferecida uma caravana ou um pacote de turismo religioso que só se torna realidade se o número mínimo de pessoas é atingido.

      É exatamente a essas pessoas que desejamos atingir ao oferecer os novos serviços. Não temos o menor interesse de tirar passageiros de quem organiza caravanas ou vende pacotes de turismo religioso, independente de quem seja a pessoa ou empresa.

      Nos mesmos comentários citados acima, você vai encontrar também um grande contingente de pessoas procurando caravanas e pacotes para destinos de turismo religioso. No entanto, não recebemos nenhum comentário, e-mail ou ligação de você oferecendo os seus serviços para essas pessoas. Não acha isso estranho? Eu acho!

      Você se diz tão preocupado com a “concorrência desleal e nociva” mas não dá a mínima quando uma pessoa escreve procurando uma caravana ou um pacote para um destino religioso… Usa seu tempo para criticar e ofender, mas não o usa para oferecer os seus serviços…

      Do mesmo modo é estranho que você, como “organizador de caravanas e agente de viagens” venha a se importar com a publicidade de quem quer que seja quando jamais se interessou em promover os seus serviços e produtos conosco. Se o veículo é relevante para o mercado, não seria lógico ao menos procurar saber quanto custa para anunciar?

      Imagino que você, que “perdeu a credibilidade e o respeito” por mim e que me acusa de ser parcial por veicular publicidade da Booking.com e da Rentcars.com.br, trabalhe para sustentar a sua família.

      Esse também é o meu caso, por mais estranho que isso possa lhe parecer. Como você também deve ter custos para ser agente de viagens (desculpe, o senhor deixou de mencionar o número de seu registro do Cadastur), publicar a Viagens de Fé também custa tempo e dinheiro.

      Depois de mais de quatro anos mantendo a Viagens de Fé sem obter o apoio financeiro de nenhuma agência de turismo, organizador de caravana (como você), destino de turismo religioso ou meio de hospedagem, me vi frente a uma decisão: ou passava a ter algum tipo de resultado financeiro ou deixava de publicar a Viagens de Fé. Escolhi a primeira opção, ainda a título de experiência. Caso ela não dê resultado, vou passar a usar o meu tempo de outra maneira.

      Não vou entrar no mérito do seu discurso de que “não basta somente o interesse econômico em buscar estas agencias para obtenção de parcerias e consequentemente ganhos materiais e sim comprometimento religioso e sobretudo evangelizador”. Vou lhe dar o direito de tentar me dar lições de moral só quando você provar que “não busca ganhos materiais e sim o comprometimento religioso e evangelizador”.

      As suas caravanas são vendidas a preço de custo, por acaso? Você não recebe comissões de hotéis, restaurantes e lojas onde leva as suas caravanas? Ou será que você oferece gratuitamente lugares nas suas caravanas para quem não tem dinheiro para pagar? As comissões dos pacotes e serviços que vende como agente de viagens são creditadas para os seus passageiros? Ou será que o lucro que obtém é doado à Igreja, a alguma obra assistencial ou aos mais necessitados?

      Se não são, não consigo perceber o menor “comprometimento religioso e evangelizador” no seu trabalho. Apenas a busca de ganhos materiais, no que, aliás, não há nada de errado. O trabalho honesto não desmerece ninguém.

      As perguntas acima são apenas retóricas, pois não tenho o menor interesse no trabalho de pessoas que fazem críticas sem ao menos se dar ao trabalho de entender melhor o que estão criticando. Nem em quem parte para ofender quem não conhece apenas por ter tido os seus interesses contrariados. Espero que esta tenha sido a primeira e última vez que eu tenha a desagradável tarefa de responder a um comentário seu.

      Cordialmente,

      Amadeu Castanho

      Responder
      • Rafaela  28/04/2016 at 14:09

        Concordo! Sei que muitos ganham seu dinheiro desta forma, mas nem todos podem pagar. Isso nos dá opção de escolhas, sem gastar o que não podemos e gastar o que se pode, realizando o que queremos.

        Responder

Comente esta matéria

O seu endereço de e-mail não será publicado!