Turismo religioso foi destaque no Salão Paulista de Turismo

Salão Paulista de Turismo 2018 - Sérgio Costa

Aspecto do Salão Paulista de Turismo 2018

 

O turismo religioso foi um dos destaques da décima-sétima edição do Salão Paulista de Turismo, realizado em São Paulo de 19 a 21 de junho de 2018.

O evento tem como expositores os municípios de interesse turístico do estado de São Paulo, que apresentam ao público visitantes as suas principais atrações.

Ao visitar a edição deste ano do Salão Paulista de Turismo, a equipe de reportagem da Viagens de Fé pôde perceber o destaque cada vez maior que o turismo religioso vem obtendo no evento.

O temário técnico do evento teve uma das palestras focada no turismo religioso e seus benefícios. Ministrada pelo especialista Alfredo Julio Gimenes, Diretor Técnico de Turismo Religioso da Confederação Nacional do Turismo,
a palestra registrou a presença de grande número de interessados.

Entre os stands, diversos exibiam imagens de igrejas e catedrais, mostrando que muitas prefeituras começam a prestar mais atenção no potrencial do turismo religioso.

 

Cachoeira Paulista e São Miguel Arcanjo

 

Santuário de São Miguel Arcanjo, SP

Santuário de São Miguel Arcanjo

 

Entre eles, dois se destacaram: o da cidade de São Miguel Arcanjo e o de Cachoeira Paulista.

A Secretaria de Turismo de São Miguel Arcanjo deu especial atenção para o Santuário de São Miguel Arcanjo, distribuindo diversos folhetos e outros materiais relativo à festa do Santo Padroeiro e à sua devoção.

O Santuário compareceu com uma completa equipe, liderada pelo reitor do Santuário, padre Márcio Almeida , e integrada por membros da Pastoral de Turismo – Pastur da cidade, que acompanhou a palestra sobre Turismo Religioso e recebeu os visitantes no stand do município.

 

LEIA TAMBÉM:  Conheça a Consagração ao Divino Pai Eterno

 

Stand da Canção Nova no Salão Paulista de Turismo

Stand da Canção Nova no Salão Paulista de Turismo

 

Já o stand de Cachoeira Paulista, além de representantes da Secretaria de Turismo local, teve participação ativa da Comunidade Canção Nova, que mostrou a importância dada ao turismo religioso, enviando dois missionários que distribuiram aos visitantes um excelente folheto com a planta de suas instalações, flyers, marcadores de livros, além de brindes como garrafas da água mineral Canção Nova e livros.

Um dos banners expostos no stand dava aos visitantes uma ideia de como deve ficar o Mirante Padre Leo, localizado no topo de uma colina, de onde será possível ter uma vista privilegiada da Canção Nova e de Cachoeira Paulista.

 

Stand da Canção Nova no Salão Paulista de Turismo

Stand da Canção Nova no Salão Paulista de Turismo

Estado estimula o turismo

 

Para ajudar a estruturar, aprimorar e divulgar o turismo no seu território, o Governo do Estado de São Paulo concede a esses municípios uma verba que deve ser obrigatoriamente investida no turismo. O  estado tem 70 Estâncias Turísticas, entre as quais está Aparecida e deseja mais 140 Municípios de Interesse Turístico.

Criada há poucos anos, a classificação de Município de Interesse Turístico (MIT) exige que a cidade tenha atrativos turísticos, oferta de hospedagem, de alimentação e de informações turísticas, bem como serviço médico emergencial  e abastecimento de água potável e esgoto.

Um Conselho Municipal de Turismo é outra exigência para que uma cidade possa receber essa classificação, que permite receber do governo estadual até 600 mil reais por ano para aplicar em projetos de interesse turístico previamente aprovados, cuja execução deve ser devidamente comprovada.

Atualmente, o Estado de São Paulo já tem 97 Município de Interesse Turístico, das quais 51 receberam a classificação em 2017 e 46 em 2018.

A exemplo das Estâncias, que têm sua própria entidade, a Associação das Prefeituras das Cidades Estância de São Paulo (Aprecesp), os Municípios de Interesse Turístic contam com a sua, a Associação dos Municípios de Interesse Turístico – Amitur.

 

LEIA TAMBÉM:  Divino Pai Eterno, uma história de muita fé e devoção

 

Não deixe de ler também:

Comments are closed.