Roteiro de turismo religioso da Opera Romana Pellegrinaggi inclui Brasil

 

Ruinas das igrejas jesuíticas de San Ignacio Miní, na Argentina

Ruínas das igrejas jesuíticas de San Ignácio Miní, na Argentina

 

Maior operadora de turismo religioso do mundo, a Opera Romana Pellegrinaggi  incluiu em seu catálogo um roteiro de turismo religioso que passa pelo Brasil, Paraguai e Argentina.

Começando na capital paraguaia, Assunção, o roteiro inclui as missões franciscanas de San Ignacio Guazu, Santa Maria, Santa Rosa e a igreja de San Cosme e Damián. Na Argentina, o roteiro inclue as missões jesuíticas na região de Posadas, como as de San Ignacio Mini, Santa Ana, Loreto e Santa Maria Mayor.

A seguir, é a vez do Brasil, com as Cataratas do Iguaçú, antes de voltar ao Paraguai para visitar Piribebuy e o Santuário de Caacupè, o mais visitado do país.  A viagem custa 3420 Euros

O Setor de Promoção Comercial (Secom) da Embaixada do Brasil em Assunção informou ainda que irá apresentar para a Embaixada do Brasil no Vaticano a possibilidade de inserção da cidade de São Miguel das Missões e de outros destinos localizados no Rio Grande do Sul no catálogo do roteiro jesuítico.

 

Sobre a Opera Romana Pellegrinaggi

 

Missão jesuítica na região de Córdoba, Argentina

Missão jesuítica na região de Córdoba, Argentina

 

A operadora foi criada em 1934 pelo Vaticano, com o objetivo de levar peregrinos em viagens religiosas aos principais destinos religiosos católicos e santuários do mundo.

Sediada em Roma, na Itália, é uma empresa subordinada ao Vicariato de Roma, um dos braços da Santa Sé, e especializada no que chama de “itinerários espirituais”, com roteiros com três focos principais: bíblico (origens da fé católica), mariano (destinos relacionados à vida de Maria e principais santuários marianos) e religioso.

Não deixe de ler também:

Comente esta matéria

O seu endereço de e-mail não será publicado!