Panamá vai sediar a Jornada Mundial da Juventude 2019

 

Bandeiras do Brasil e do Panamá na Jornada Mundial Juventude 2016

Bandeiras do Brasil e do Panamá na JMJ 2016

 

O Papa Francisco anunciou durante o último dia da Jornada Mundial da Juventude 2016, em Cracóvia, na Polônia, no último domingo, que o Panamá será o país que vai receber a próxima edição da JMJ, daqui a três anos.

Na cerimônia que, segundo a organização reuniu três milhões de fiéis, o Papa confirmou que caberá ao país latino-americano  receber os milhões de jovens e adultos de todas as partes do mundo na edição de 2019 do evento criado pelo Papa João Paulo II.

 

Coletiva de Imprensa após o anúncio do Panamá como país sede da Jornada Mundial da Juventude 2019

Coletiva de Imprensa após o anúncio do Panamá como sede da JMJ 2019

 

A providência de Deus sempre nos precede. Pensai que já decidiu qual será a próxima etapa desta grande peregrinação iniciada por São João Paulo II em 1985. E, por isso, anuncio com alegria que a próxima Jornada Mundial da Juventude será em 2019 no Panamá“, anunciou.

 

Demanda mais alta

Antiga Catedral da Cidade do Panamá, que vai receber a JMJ 2019

Antiga Catedral da Cidade do Panamá, que vai receber a JMJ 2019

 

Essa é uma notícia muito positiva para o turismo religioso na região, que passa a acumular ainda mais conhecimentos sobre a organização de eventos religiosos de grande magnitude.

Antes do Panamá, a Argentina e o Brasil foram os países da América Latina a receberem uma edição da JMJ.

Essa será a primeira vez que a Jornada Mundial da Juventude é realizada em um país da América Central.

A escolha do Panamá é uma excelente notícia para os brasileiros, já que os custos de passagens aéreas e de hotéis tendem a ser mais acessíveis do que se o evento fosse na Ásia ou mesmo em outro país europeu.

LEIA TAMBÉM:  Papa Francisco escolhe temas dos próximos Dias Mundiais da Juventude

 

Jovens com a bandeira do Brasil em Cracóvia durante a JMJ 2016

Jovens com a bandeira do Brasil em Cracóvia durante a JMJ 2016

 

Apesar da crise econômica, milhares de brasileiros tingiram Cracóvia de verde e amarelo as ruas da cidade e os espaços da Jornada Mundial da Juventude, como o Campo da Misericórdia.

Na cidade do Panamá isso não deverá ser diferente.

 

 Mais informações em breve

 

Nos próximos meses as autoridades civis e eclesiásticas do Panamá devem começar a divulgar os primeiros detalhes sobre a estrutura e o programa da JMJ 2019.

Em seguida, os operadores locais começarão a divulgar informações sobre pacotes de receptivo e provavelmente no final de 2017 as operadoras e agências brasileiras

 

Não deixe de ler também:

Comente esta matéria

O seu endereço de e-mail não será publicado!