No Sul, prefeitos, reitores de Santuários e CNBB consolidam parceria pioneira para turismo religioso

 

Nova Trento - Santuario_Santa_Paulina - Santur

Nova Trento – Santuário de Santa Paulina

 

Atentos à crescente importância das viagens religiosas, dois destinos religiosos do Sul do país começam a articular uma parceria para desenvolver um novo circuito religioso

Autoridades de Piraí do Sul, no Paraná, local do Santuário de Nossa Senhora das Brotas, se reuniram com autoridades de Nova Trento, Santa Catarina, onde fica o Santuário de Madre Paulina, para oficializar uma parceria para desenvolver uma rota de turismo religioso sustentável entre os dois santuários.

A reunião teve lugar no Santuário de Madre Paulina, em Nova Trento, e resultou na formação de uma comissão executiva, que será responsável pelo desenvolvimento de um projeto que contemplará diversas regiões, com o apoio da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). A proposta é de planejar um circuito de turismo religioso sustentável, incorporando outros roteiros turísticos.

A visão das autoridades envolvidas

O coordenador da Comissão de Desenvolvimento de Turismo Religioso do Paraná, Padre Carlos Alberto Chiquim explicou que “foram esclarecidas algumas dúvidas quanto ao papel das entidades envolvidas e até mesmo qual é o momento exato para agregar outras entidades a esse processo. O turismo religioso principalmente na dimensão de roteiro e peregrinação, com conhecimento de lugares sagrados, vai provocar um avivamento da fé daquele que participa”.

Segunda a diretora geral do Santuário de Madre Paulina, Irmã Maria Adelina da Cunha, o encontro foi uma excelente oportunidade para vários esclarecimentos. “Foi uma reunião que nos motivou a aprofundar esse relacionamento e esclarecermos melhor o que vamos fazer para esses Santuários crescerem juntos e serem parceiros um do outro. E também vamos ajudar muito os nossos peregrinos a crescerem na fé”, diz.

Para o Pároco de Piraí do Sul, Pe. Evandro Braun, há uma disposição dos prefeitos em promover a evangelização, um apoio muito necessário a Igreja. “É interessante a conversa entre os reitores dos santuários e as prefeituras, com o objetivo de fazer com que todo o nosso povo possa ter um momento de encontro, de partilha de experiências, de convivência. Os objetivos vão possibilitar a evangelização de muita gente. A Igreja precisa e os Santuários precisam e há uma preocupação com essa obra de evangelização por parte dos representantes municipais”, afirma o Pároco.

Depois da reunião, o prefeito de Nova Trento, Orivan Jarbas Orsi, avaliou positivamente o encontro. “Conseguimos avançar mais com o nosso objetivo de formar esse roteiro e conseguimos agregar mais uns destinos que possam contentar um roteiro ainda mais rico. Todos os organismos que trabalham com o setor de turismo vão ter que estar engajados nesse processo e com o aval da CNBB tem muito mais força”, finaliza o prefeito.

O prefeito de Piraí do Sul Antonio El Achkar,  acredita que com a criação da Comissão Executiva formada com integrantes de ambas as entidades pode-se passar para a prática agora: “com essa comissão o olhar será técnico e voltado às políticas de turismo federal e dos estados do Paraná, Santa Catarina e da CNBB para o turismo religioso”.

Outro exemplo prático, segundo o prefeito, é que seja construído algo que referencie um Santuário ao outro. “O Santuário das Brotas pode construir por exemplo uma cátedra semelhante a do Santuário de Madre Paulina, e pode ser construída uma réplica do Santuário de Nossa Senhora das Brotas. Além disso em ambos os sites das prefeituras um link para divulgar as cidades e seus santuários”, exemplifica o prefeito.

Não deixe de ler também:

Comente esta matéria

O seu endereço de e-mail não será publicado!