Imagem de Nossa Senhora venerada em Fátima foi esculpida em madeira brasileira

imagem Nossa Senhora de Fátima A imagem de Nossa Senhora de Fátima que se venera na Capelinha das Aparições, coração do Santuário de Fátima, foi oferecida em 1920 por Gilberto Fernandes dos Santos. É obra do escultor José Ferreira Thedim, foi entalhada em cedro do Brasil e mede 1,10m. de altura.

Foi benzida na Igreja Paroquial de Fátima (a 4km do Santuário, local onde foram batizados os Pastorinhos de Fátima) em 13 de Maio de 1920, entronizada na Capelinha das Aparições a 13 de Junho de 1920 e coroada pelo Legado Pontifício, Cardeal Masela, em 13 de Maio de 1946.

Coroa

A coroa que a imagem ostenta apenas nas grandes celebrações é um exemplar único, executado em Lisboa e é resultado do trabalho gratuito de 12 artistas durante três meses. Pesa 1,2kg e é enriquecida por 313 pérolas e 2.679 pedras preciosas. Esta coroa foi oferecida pelas mulheres portuguesas a 13 de Outubro de 1942, em ação de graças por Portugal não ter entrado na 2º Guerra Mundial.

Mais recentemente, a coroa passou a ter incrustada a bala oferecida por João Paulo II. O falecido Sumo Pontifice ofereceu a bala que lhe trespassou o corpo no atentado de que foi vítima em Roma, a 13 de Maio de 1981, em sinal de agradecimento à Virgem, por lhe salvo a vida.

Conhecida como “coroa preciosa”, ela é usada apenas nas peregrinações aniversárias, ou em outras ocasiões consideradas especiais, estando todos os outros dias em exposição na mostra “Fátima Luz e Paz”, que exibe exemplares representativos das ofertas feitas a Nossa Senhora ou ao Seu Santuário, aberta ao público no edifício da Reitoria do Santuário

coroa de Nossa Senhora de Fátima

Detalhe da “coroa preciosa”

.

Viagens da Imagem de Nossa Senhora de Fátima da Capelinha das Aparições

LEIA TAMBÉM:  Imagem peregrina de N. S. Aparecida será atração no Festival de Gramado

A imagem apenas deixa a Capelinha das Aparições em ocasiões consideradas muito especiais. Nas seis primeiras vezes em que deixou o Santuário, a imagem peregrinou por cidades de Portugal e da Espanha.

A pedido do Papa João Paulo II, a sétima viagem fora do Santuário da Cova da Iria foi para Roma, no dia 24 de Março de 1984, onde, um dia depois, na Praça de S. Pedro, durante a celebração eucarística presidida por João Paulo II, se fez a consagração do mundo ao Imaculado Coração de Maria.

Foi nesse dia, a 25 de Março de 1984, que João Paulo II entregou ao então Bispo de Leiria-Fátima, D. Alberto Cosme do Amaral, a bala que o tinha atingido no atentado de que tinha sido vítima a 13 de Maio de 1981. O projétil foi incrustado na coroa da imagem de Nossa Senhora de Fátima.

A imagem voltaria ao Vaticano na sua oitava viagem, em 8 de Outubro do ano 2000, para uma cerimônia muito especial. Naquela data, na Praça de São Pedro, Sua Santidade o Papa João Paulo II consagrou o novo milênio à Virgem Santíssima, , na presença de 1500 bispos de todo o mundo e de milhares de fiéis e peregrinos.

 

Não deixe de ler também:

Comente esta matéria

O seu endereço de e-mail não será publicado!