Fátima sedia em março a I Conferência Internacional das Cidades-Santuário

Santuário de Fátima, em Portugal - foto Viagens de Fé, a revista brasileira de viagens de turismo religioso

Santuário de Fátima, em Portugal – foto Viagens de Fé

 

Principal destino de turismo religioso de Portugal e um dos mais importantes do mundo, Fátima recebe no próximo dia 7 de março a I Conferência Internacional das Cidades-Santuário.

O evento, que integra a programação dos VII Workshops Internacionais de Turismo Religioso (WITR), é co-organizado pela Câmara Municipal de Ourém e tem como tema “Experiências, Lugares e Redes de Turismo Religioso e Peregrinação na Europa”.

 

Programação 

A programação da I Conferência Internacional das Cidades Santuário inclui quatro painéis:

Painel A | Destinos de Peregrinação e Turismo Religioso: fatores de (re)valorização

Moderador: Alexandre Marto Pereira |Vice-Presidente da ACISO (Portugal)
Oradores: Kevin A. Griffin | Dublin Institute of Technology (Irlanda) e Silvia Aulet Serrallonga| Universidad de Girona (Espanha)

Painel B | Desafios da dimensão experiencial – perfis, motivações e comportamentos dos visitantes dos santuários

Moderador: Rui Costa | Universidade de Aveiro (Portugal)
Oradores: Jaime Ruiz | Presidente da Red de Destinos y Caminos Espirituales (Espanha), Sílvia de Ascaniis | Università della Svizzera Italiana – USI, Lugano (Itália) e José António Folgado | Universidade da Extremadura (Espanha)

Painel C | Redes e organizações de apoio à peregrinação e ao turismo religioso – pontes para o intercâmbio cultural e intergeracional

Moderador: Margarida Franca | Investigadora Colaboradora do CEGOT – Centro de Estudos de Geografia e Ordenamento do Território, Universidade de Coimbra (Portugal); Investigadora Colaboradora do CITER – Centro de Investigação em Teologia e Estudos da Religião, Universidade Católica Portuguesa (Portugal)
Oradores: Júlia Lourenço | Universidade do Minho (Portugal) e Tomasz Duda|Universidade de Szczecin (Polónia)

Painel D | Rotas Culturais da Europa – oportunidades e desafios para a competitividade e inovação dos destinos

Moderador: Nuno Lopes | Chief Operating Officer – IDTOUR
Oradores: Eleonora Berti | Conselho Europeu das Rotas Culturais (Luxemburgo), Quintin Correas | Rota do Imperador Carlos V – Rota Cultural do Conselho da Europa (Espanha) e Anna Trono | Via Francigena – Rota Cultural do Conselho da Europa (Itália)

Santuario Nossa Senhora de Lourdes - França

Santuário de Nossa Senhora de Lourdes, na França

 

LEIA TAMBÉM:  Papa Francisco visitará Aparecida depois da Jornada

Objetivos

A Conferência tem cinco objetivos:

  • Reflexão e debate sobre as características comuns e dos fatores de diferenciação das várias cidades-santuário envolvidas;
  • Contribuição para uma gestão mais sustentável dos recursos dos lugares em causa;
  • Promoção de um acolhimento mais inclusivo nas cidades receptoras destes fluxos;
  • Apresentação dos principais desafios e oportunidades para o turismo religioso e a peregrinação na Europa, repensando-os numa ótica prospetiva.
  • Criação de uma rede científica interdisciplinar com plataformas (virtuais e físicas) de investigação colaborativa.

 

Santuário de Czestochowa, na Polõnia - Wikimedia

Santuário de Czestochowa, na Polõnia

 

Justificativas

A organização da Conferência justifica que as cidades santuário e os lugares sagrados, em geral, como destinos de fluxos humanos de motivação religiosa – peregrinação e turismo religioso – fazem parte do património da Europa. Trata-se de uma realidade que é importante proteger e valorizar, projetando todo um conhecimento adquirido e uma cultura enraizada, que o fenómeno da laicização presente em muitos países europeus não põe em causa.

O turismo religioso aparece no contexto de alterações dos padrões de comportamento religioso que afetam as sociedades ocidentais desde há algum tempo. Assiste-se atualmente a uma secularização das nossas sociedades. Assim, a peregrinação como prática religiosa vai perdendo ou reconfigurando o seu papel e o turismo religioso vai aumentando, dando lugar a um segmento de mercado cada vez mais exigente.

O mercado do turismo religioso e da peregrinação aparece na atualidade muito mais segmentado e com um crescimento digno de nota. Quem investiga nesta área dá-se conta do aparecimento de nichos. Estas viagens são para todas as idades, incluem variadas motivações (que não apenas as especificamente religiosas) e abrangem visitantes provenientes do espaço urbano e do rural, numa considerável diversidade de escalas.

LEIA TAMBÉM:  Veja os horários de ônibus de São Paulo para a Canção Nova

 

Site: www.iwrt.pt/conferencia

 

 

Não deixe de ler também:

Comente esta matéria ou envie a sua dúvida

O seu endereço de e-mail não será publicado!