ExpoCatólica 2018 destaca o turismo religioso

Representantes de Fátima na área de turismo religioso da ExpoCatólica 2018

A equipe de representantes de Fátima na ExpoCatólica 2018

 

A edição de 2018 da tradicional feira ExpoCatolica, realizada em São Paulo de 1 a 5 de junho, deu grande destaque para o turismo religioso.

Reunindo destinos internacionais, destinos nacionais, agências de turismo, empresa de turismo receptivo e operadora, a feira volta a mostrar a força do segmento.

 

Destinos internacionais

 

Padre Fabrice Chocholski, reitor do Santuário de Ars, na área de turismo religioso da ExpoCatólica 2018Stand do Caminho de Santiago na área de turismo religioso da ExpoCatólica 2018

 

Fátima, em Portugal; Ars, na França e o Caminho de Santiago de Compostela, na região da Galícia, na Espanha, foram os destinos internacionais que marcaram presença na ExpoCatólica 2018.

O tradicional destino turístico português, numa iniciativa da ACISO – Associação Empresarial Ourém-Fátima, deu um exemplo, ao trazer hotéis, uma empresa de turismo receptivo, um fornecedor de paramentos religiosos e um fornecedor de produtos, mostrando que a promoção do destino não deve interessar somente ao poder público ou à Igreja.

Ars, na França, representou o Cluster de Turismo Espiritual da Atout France, braço de promoção turística do governo francês, e trouxe para o seu stand o simpático e comunicativo reitor do Santuário de Ars, padre Patrice Chocholski.

O santuário, localizado na região sudeste da França, foi construído em memoria de São João Maria Vianney, o cura d’Ars, celebrado como patrono nos sacerdotes, cujo corpo incorrupto é exibido com destaque no Santuário.

 

Destinos nacionais

 

Stand do Espírito Santo na área de turismo religioso da ExpoCatólica 2018Stand da Bahia na área de turismo religioso da ExpoCatólica 2018

 

Entre os destinos nacionais, estiveram presentes dois estados, Espírito Santo e Bahia, e um município, Santa Cruz, no Rio Grande do Norte, representado pela sua Secretaria de Turismo.

Como no caso do stand de Fátima, o do Espírito Santo levou à feira representantes de diversos segmentos beneficiados pelo turismo religioso, como empresa de turismo receptivo, restaurantes e meios de hopedagem, além de apresentar diversos materiais promocionais específicos de turismo religioso.

 

LEIA TAMBÉM:  Sainte Anne d'Auray, uma visita inesquecível na França

 

Agências de turismo

 

Stand da Trielotur na área de turismo religioso da ExpoCatólica 2018

O bonito stand da Trielotur na ExpoCatólica 2018

 

As agências de turismo foram maioria entre os expositores do segmento de turismo religioso na ExpoCatólica 2018. A Trielotur, de São Paulo, investiu pesado para atender os visitantes, com um grande stand, muito material de divulgação e uma equipe numerosa.

 

Stand da Trielotur na área de turismo religioso da ExpoCatólica 2018Stand da Sacratour na área de turismo religioso da ExpoCatólica 2018Stand da Platanus Turismo na área de turismo religioso da ExpoCatólica 2018

 

A Sacratour, de Londrina, também investiu em um stand de esquina e levou variado material de divulgação. A Platanus Turismo e a Meu Sonho Viagens, ambas de São Paulo, foram outras agências que tiveram stands na feira, assim como a Caprice Turismo e a Catedral Viagens, do interior de São Paulo.

 

Empresa de turismo receptivo e operadora

 

Stand da Accetur na área de turismo religioso da ExpoCatólica 2018

 

Outras empresas presentes foram a Accetur, empresa de turismo receptivo de Guaratinguetá, que apresentou na feira a sua variada e criativa oferta de produtos turísticos na região de Aparecida, abrangendo destinos como Guaratinguetá, Cachoeira Paulista, Campos do Jordão, Pindamonhangaba e Cunha, entre outros.

A única operadora (empresa de atuação atacadista que cuida da organização de viagens turísticas e só vende para agências, não atendendo o público final) a expor na ExpoCatólica foi a Lusanova, que apresentou um catálogo específico de roteiros de turismo religioso.

 

LEIA TAMBÉM:  Viagens de Fé volta a ser media partner de importante evento de turismo religioso

 

Nota do Editor

É digna de elogios a atitude da direção da ExpoCatólica, que, mesmo frente aos inúmeros reflexos negativos da greve dos caminhoneiros e a perspectiva de dificuldade de acesso do público, teve a coragem de manter a data da feira e de realizá-la mesmo ante a certeza de prejuízos.

Não deixe de ler também:

Comente esta matéria ou envie a sua dúvida

O seu endereço de e-mail não será publicado!