Cinco destinos de turismo religioso ganham verba do Ministério do Turismo

Praça do Roteiro da Fé de turismo religioso em Juazeiro do Norte,Ceará

Exemplo de projeto de turismo religioso

Cinco destinos brasileiros de turismo religioso irão dividir uma verba de R$ 625 mil do Ministério do Turismo destinada à elaboração de planos de posicionamento de mercado do produto turístico religioso.

As cinco cidades classificadas no Processo Seletivo de Projetos de Fortalecimento do Turismo Religioso no Brasil, promovido pelo MTur foram Brasília, DF – Nova Trento (SC), Aparecida (SP), Trindade (GO), Santa Cruz (RN) e Bragança (PA), superando outros 22 destinos qualificados em cinco regiões do país.

O resultado é preliminar e ainda depende de diligências e entrega da documentação exigida para a liberação dos recursos. Caso cumpram com todos os requisitos, os municípios dividirão a verba de R$ 625.060,00 destinada pelo Ministério para desenvolverem seus projetos.

Confira os destinos de turismo religioso ganhadores

Principal destino brasileiro de turismo religioso, Aparecida, no estado de São Paulo, irá receber R$ 150 mil, que representam 24% do total da verba. Escolhida entre outros quatro destinos como representante da região Sudeste, a cidade é sede do Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida, visitado por mais de dez milhões de peregrinos anualmente.

A representante da região Centro-Oeste é Trindade, em Goiás, contemplada com R$ 144 mil. É lá que está localizado o Santuário do Divino Pai Eterno,  visitado por mais de 1,5 milhão de pessoas por ano.

Na região Norte, Bragança, cidade a 210 quilometros de distância da capital paraense, Belém, receberá R$ 120 mil para desenvolver um projeto para promover a forte devoção a São Benedito, tradição local desde 1798.

Famosa por abrigar a maior estátua de Santa Rita de Cássia na América Latina, com 56 metros de altura, Santa Cruz, localizada na área do Borborema Potiguar, agreste do Rio Grande do Norte, irá representar a região Nordeste e receber R$ 111 mil para o seu projeto. O Complexo Turístico Religioso Alto de Santa Rita de Cássia, no topo do Monte Carmelo, atrai multidões.

LEIA TAMBÉM:  Conhecendo a Canção Nova e Aparecida

Nova Trento, em Santa Catarina, terra natal de Santa Paulina e sede do Santuário dedicado à santa brasileira, consolidou sua vocação como destino de turismo religioso depois da beatificação de Madre Paulina pelo Papa João Paulo II, em 1991 e irá receber R$ 100 mil para o seu projeto.

Conheça os destinos habilitados

O edital para a seleção dos projetos para o Processo Seletivo de Projetos de Fortalecimento do Turismo Religioso no Brasil foi lançado em 4 de abril, com a previsão de selecionar cinco propostas, em cada uma das macrorregiões brasileiras, com valores entre R$ 100 mil e R$ 150 mil.

Além dos cinco destinos de turismo religioso selecionados, 16 outros foram habilitados para concorrer à verba do Ministério do Turismo. Da região Sul, também foram habilitadas Novo Hamburgo (RS), Foz do Iguaçu (PR) e Guarapuava (PR).

Da região Sudeste, foram habilitadas Paracatu (MG), São João Del Rei (MG), Nova Lima (MG) e Guaratinguetá. Da região Centro-Oeste, as cidades de Goiás (GO) e Costa Rica (MS) disputaram com Trindade. Da região Norte, foram habilitadas Bragança (PA) e Manaus (AM).

A região Nordeste foi a que teve mais cidades habilitadas: Canindé (CE), São Cristóvão (SE), Oeiras (PI), Bom Jesus da Lapa (BA) e Petrolina (PE). Um dado interessante é que apenas nessa região alguns dos projetos foram apresentados pelas Secretarias de Turismo dos respectivos estados. Nas demais regiões, os projetos foram apresentados pelas Prefeituras de cada cidade.

Não deixe de ler também:

Comente esta matéria

O seu endereço de e-mail não será publicado!